Banguecoque e Phuket

 

A Tailândia foi a escolha quando fizemos a nossa Lua-de-Mel, primeira experiência no oriente e com uma limitação de tempo e tantas escolhas a fazer, acabámos por escolher uma estadia de 3 dias em Banguecoque e 4 dias em Phuket. Queríamos ir ao norte e a outras ilhas, mas na altura não era possível, claro que está decididamente nos nossos planos, a Tailândia é um país de sonho, apesar da quantidade de turismo, as gentes, a cultura e os locais são apaixonantes! Não esquecendo também a gastronomia! De chorar por mais, para quem aprecia, claro!

 

COMO ir: Voos :  Lisboa – Londres – Doah – Baguecoque pela  Qatarairways , este voo foi o possível na altura, viagem comprada uns dias antes da partida, apesar da companhia aérea ser excelente, o número de escalas podia ter sido evitado, mas o que interessava era ir; Transfer: aeroporto-hotel, reservámos com a agência de viagens, pois chegávamos a Banguecoque já de noite, e como já referi, não houve planeamento para esta viagem, o que para mim é impensável.

ONDE ficar: Os hotéis foram escolhidos pela localização e recomendações do Booking e Tripadvisor:Banguecoque – Royal Orchid Sheraton Hotel &Towers está localizado nas margens do Rio Chao Phraya, as instalações do quarto são excelentes, o pequeno-almoço muito variado e de ótima qualidade. Tem duas piscinas e SPA, que não utilizámos, devido ao escasso tempo que tínhamos para visitar a cidade. A vista dos quartos é fantástica na margem do rio.

 

 

Phuket – The Surin Phuket  fica um pouco afastado da agitada Patong, a escolha foi propositada para que tivéssemos um momento mais calmo e relaxante tendo em conta o contexto da viagem, e a escolha não desiludiu, um refúgio tropical sob a praia de Pansea,, paradisíaca,  os quartos  são em estilo chalé, muito espaçosos com vista para a praia.  A piscina à primeira vista muito escura para os padrões normais, é fantástica.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
VISITAS
Como já referi a viagem foi comprada mesmo no último instante, apesar de 7 dias de duração, na realidade foram 1,5 dias em Banguecoque e 3,5 em Phuket, devido aos dias das viagens. Escolhemos o destino mesmo que não fosse com a duração que queríamos, porque era um local há muito desejado e o momento assim o requeria. Fizemos as visitas cliché de quem visita Banguecoque, mas não nos arrependemos de nada, temos planos para voltar e visitar o que não pudemos na altura.
BANGUECOQUE
 
A cidade é apaixonante, mas com 1,5 dia tínhamos de ser bastante organizados. Como não tivemos tempo de explorar tivemos de fazer as visitas em excursões, não somos apreciadores de visitas neste modelo, mas não havia muito a fazer:
Mercado Flutuante Damnoen Saduak,a 110km de Banguecoque, existem várias modalidades de visita, nós tivemos de comprar uma visita em grupo dada a falta de organização, no entanto penso que uma visita privada ou por conta própria também é possível. Atenção aos taxistas, pois ganham comissão para levar turistas a lojas, restaurantes e locais de comércio, mesmo que não esteja nos planos da visita. É conveniente combinar exatamente os locais onde quer parar e visitar.
Grande Palácio de Banguecoque, dentro de Banguecoque, podemos fazer a visita por conta própria, é possível comprar os bilhetes online e evitarão as grandes filas que existem. Alerto também para o vestuário no dia desta visita, as mulheres não podem mostrar os ombros e as pernas e os homens deverão usar camisolas com mangas e calças compridas, se não for prevenido também pode alugar peças de vestuário no local. Os bilhetes são comprados no local, abre às 8:30, se fizer a visita por conta própria é aconselhado agarrar num mapa do recinto para não perder pitada dos deslumbrantes templos e edifícios. O templo mais sagrado da Tailândia está neste recinto, o Templo do Buda de esmeralda
Wat Phra Kaew: o templo mais sagrado da Tailândia está neste recinto, o Templo do Buda de Esmeralda abriga a imagem budista mais importante da Tailândia, é pequena, tem aproximadamente 50 cm, somente o rei se pode aproximar desta estátua, e é o próprio que faz a mudança de roupa em ouro três vezes por ano. Dentro do templo existem uma série de regras de comportamento, como por exemplo não apontar os pés para a estátua.
Wat Pho: fica muito perto do Palácio, mesmo ao lado, podemos fazer uma paragem para almoçar ou só comprar fruta ou uma bebida para nos protegermos do calor e desidratação. Este templo é um dos mais visitados da Tailândia, abriga o Buda Reclinado, tem uma extensão de 43 metros de comprimento e 15 de altura , todo o recinto é digno de visita, também tem código de vestuário, pelo que deverá ir prevenido.
Wat Arun: o templo do Amanhecer, outro dos templos mais visitados da Tailândia, igualmente impressionante aos demais já descritos, este por sua vez é revestido de mosaicos e porcelana e não com detalhes de folha de ouro. Este templo tem uma beleza mais acentuada ao amanhecer ou anoitecer devido aos reflexos do sol, claro que é magnífico a qualquer hora do dia. A vista a partir do cimo da escadaria é impressionante.
Mercado de Chatuchak: um dos maiores mercados do mundo e o maior da Tailândia, estima-se que tem aproximadamente 200.000€ visitantes diariamente, podemos comprar de tudo e também experimentar algumas especialidades gastronómicas.
Passeio de barco noturno pelo rio Chao Phraya, a vista dos templos iluminados e da cidade é surpreendente.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
PHUKET
 
Passeio de barco e caiaque onde conhecemos a gruta de Budha, que tem estátuas budistas e podemos encontrar dezenas ou centenas de macacos que lá residem, passamos pela ilha de Panyee, onde existe uma vila de pescadores flutuante, visitamos a Ilha Khao Phing Kan(conhecida pela James Bond Island onde foi filmado o 007 contra o homem com a pistola de ouro) e por fim fizemos snorkeling, onde pudemos nadar e ver todos aquelas espécies de peixinhos tropicais com as mais cores mais espantosas que alguma vez pudemos imaginar.
Visita de um dia às ilhas Phi Phi, fomos de ferry, grande erro, aconselho vivamente a lancha rápida para quem vai somente passar um dia, outro local onde queríamos ter tido mais tempo para explorar, apesar da quantidade de turismo devido ao filme A Praia com o Leonardo DiCaprio o arquipélago é deslumbrante, temos vistas idílicas e vale a pena visitar, claro que existem praias e locais igualmente belos e sem tanta afluência de turistas.
Massagem Tailandesa: escolhemos experimentar no hotel que tinha SPA e foi uma feliz e relaxante surpresa. Aconselhamos vivamente, ficámos a levitar o resto do dia, todos os nossos ossinhos foram esticados. Acabámos a massagem e passámos um tempinho numa varanda do SPA virada para a praia a tomar um chá, foi uma experiência fantástica.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
O PÔR DO SOL MAIS LINDO QUE JÁ VIMOS

 

 

 

Não tenho palavras para descrever a humildade e generosidade do povo tailandês, só mesmo a contactar com as pessoas é que percebemos que seguem os principais ensinamentos do Budismo. O país é digno de ser visitado, estas dicas de visita são uma gota no oceano, pois não tivemos oportunidade de conhecer tanto quanto queríamos, mas a experiência foi das mais enriquecedoras que já tivemos. A próxima visita tem de ser planeada urgentemente!
E já sabem: Para viajar, basta existir. Fernando Pessoa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s