#2 Escolhas das Viagens de Masha – Nova Iorque na Primavera

As nossas viagens começam a ser organizadas a partir da oportunidade de voos que encontramos, por isso a escolha semanal irá sempre ao encontro de voos baratos tendo em conta o seu preço normalmente.

Quem nunca quis ir a Nova Iorque? Passear-se pelas avenidas que foram cenário de inúmeros filmes aclamados pela crítica, ou séries de televisão como Seinfeld, Friends ou Sexo e a Cidade? Realmente a primeira sensação que temos quando nos deparamos com Times Square é que fomos transportados de um qualquer filme gravado na nossa memória para aquele espaço que só existia na nossa televisão ou no cinema. A cidade não desilude, o burburinho e agitação são característicos da mesma, assim como a probabilidade de ficar com um torcicolo, pois andamos sempre a olhar para cima para ver (ou não) o final dos edifícios, é realmente fantástico .

Para visitar a cidade que nunca dorme na primavera, podemos encontrar voos no Skyscanner a partir de 330€ (ida e volta), pessoalmente escolheria o de 376€ abaixo apresentado por ser direto. Até não me importo de fazer escalas quando a diferença é muito grande, mas neste caso, penso que compensa a diferença de 46€, são menos 6 horas de viagem para lá e menos 14 para cá. O facto de ser na mesma companhia aérea também facilita a compra, se, como nós, preferirem efetuar a comprar no próprio site da companhia.

Voos NYC

Relativamente a alojamento existe um sem número de oferta hoteleira nesta cidade, nós damos preferência à nossa busca no Booking, e normalmente encontramos alguma oportunidade, quer pela oferta do dia, quer pela oferta genius. Nestas datas a oferta começa nos 334€ para 6 noites em quarto duplo com wc partilhada, no entanto a nossa escolha privilegia a localização, mesmo no coração de Manhattan em Times Square em quarto duplo com wc privativa.

Hotel NYC.png

A visita à cidade não é de todo barata, existem algumas opções de cartões com as entradas nas principais atrações, de entre as inúmeras ofertas, o que me parece mais sensato é o CityPass com um custo de 116€, que contém entrada em seis atrações por um período de 9 dias, a partir do dia que o ativamos. Fizemos as contas e o total das atrações à entrada ficaria aproximadamente em 190€. Outro cartão do tipo é o New York Pass, que oferece a oportunidade de visitar cerca de 90 atrações, no entanto aquando da compra temos de escolher o número de dias que o vamos utilizar, e para três dias ascende aos 200€, pelo que se ficarmos mais de três dias e quisermos espaçar as visitas pelos dias, o preço seria cerca de aproximadamente 300€, dentro de uma óptica lowcost, talvez ultrapasse o orçamento, e muitas das atrações não são as que normalmente faríamos.

City Pass

Relativamente a transportes o mais fácil será andar de metro e para isso existe o Metrocard, tem opção de carregamento para 7 dias (32$) ou 30 dias (121$), com viagens ilimitadas, ou o carregamento de um valor em que vai descontando à medida que o vamos utilizando, se ficarmos mais de 3 dias, penso que será melhor a opção dos 7 dias ilimitado, tendo em conta que cada viagem são 2,75$.

Metrocard

E para o orçamento ficar completo falta falarmos sobre o trajeto do aeroporto para a cidade e vice-versa, existem várias opções, como metro, autocarro, táxi e transfers. Pessoalmente penso que o mais barato/rápido será de metro, tanto o aeroporto JFK como o Newark dispõem de Airtrain que leva os passageiros do aeroporto à estação onde podemos apanhar o metro (estas duas opções diferem entre 8 a 12$). Pessoalmente penso que estas opções são mais económicas, como é óbvio um táxi ou transfer serão mais dispendiosos, no entanto terão de ter em conta todos os fatores, como cansaço, quantidade de malas ou viajar com crianças com carrinho, por vezes temos de privilegiar a praticidade da situação ao orçamento.

Com estas opções, podemos fazer uma viagem à cidade que nunca dorme por 722€ (avião+hotel), se acrescentarmos os transportes (metro e aeroporto) ficará por aproximadamente mais 30€ e se ainda acrescentarmos um dos cartões de atrações, mais 116€, o que no total daria aproximadamente 870€, claro está que se não privilegiarmos a localização do hotel ou não nos importarmos de partilhar o wc, o orçamento do hotel poderá baixar para metade o que reduziria o orçamento para um terço.

As opções são ilimitadas, o que interessa é ir! Para viajar, basta existir. Fernando Pessoa

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s